Simples x Fácil

O simples não necessariamente é fácil e vice-versa. O simples é facilmente confundido com o fácil porque um até parece sinônimo para o outro. Só que essa não é a realidade em alguns casos. Quando uma pessoa quer emagrecer, o que é necessário fazer é simples:

  • Comer mais verduras, legumes e frutas
  • Deixar o prato o mais colorido possível
  • Diminuir a ingestão de doces, frituras e refrigerantes
  • Fazer exercícios

TODO mundo sabe o que é necessário fazer para emagrecer. Os itens aqui citados são de conhecimento comum. Mas se todo mundo sabe, porque existem tantas receitas, remédio, dicas para emagrecer? Óleo de coco, ração humana, chá verde, remédio inibitórios de apetite são apenas algumas modas que já passaram que ajudam a emagrecer. A resposta é simples: não é fácil. Não é fácil deixar de comer aquele docinho a tarde ou tomar aquela cerveja gelada no fim de semana. Não é fácil deixar de comer o que gostamos por aquilo que é saudável. E por que as comidas mais gostosa tem que ser as que mais fazem mal para a saúde?

Os exercícios são a mesma história. É muito mais fácil ficar no sofá assistindo TV do que ir até a academia. É muito mais confortável ficar na cama por mais 40 minutos do que acordar cedo para ir treinar. Mas se quer emagrecer tem que gastar calorias. E para gastar calorias tem que se esforçar. E assim o fácil sai da história e entra diversas desculpas (cada um tem a sua, pode ser o serviço, a casa para cuidar, o filho pra dar banho, a prova para estudar, etc etc etc). E convenhamos que arranjar desculpa é muito menos cansativo do que se esforçar.

Ter um acompanhamento profissional pode auxiliar nesse processo. Só por saber que tem alguém “controlando” seu peso, seus resultados pode ser um estímulo. Para outros, a “bronca” dada pelo profissional caso não obtenha o resultado desejado, é uma maneira de desistência mais rápida do processo.

Não existe uma receita para o sucesso, varia conforme a força de vontade de qualquer um. Varia com o objetivo de cada um. E cada um se esforça da maneira que mais lhe convém. Só não adianta reclamar depois, que também é muito mais fácil de se fazer. 😛

Obs: Aqui citei somente para casos de saúde, mas a analogia pode ser feita para qualquer assunto, seja financeiro, seja profissional, etc.

Anúncios

Autor: Fernanda

Zootecnista e Cientista da Computação. Precisa dizer algo mais, além de ter certeza que não deve ser normal?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s