História de uma stylus

Ultimamente muitas coisas andam dando errado, mas vou falar de um episódio em particular. Tudo começou na semana passada quando um líder novo assumiu o projeto em que trabalho. A líder oficial está de licença maternidade e colocaram uma pessoa nova para substituir nesse interim, e depois vão dividir a liderança quando ela voltar.

Esse líder mal chegou e resolveu mudar o local onde todos sentavam. Eu adorava meu ex-lugar, era de frente para dois corredores, conseguia ver o salão quase inteiro, percebia se tinha alguém vindo falar comigo e o melhor: ninguém conseguia ver meu monitor.

Como tudo que é bom dura pouco, mudaram-me de lugar. Agora estou sentada de costas para os dois corredores e todos conseguem ver meu monitor. Além de não perceber se alguém está vindo.. Pois é, basicamente me mudaram de lado no corredor.

Como minha empresa é um pouco desorganizada, resolvemos nós mesmo mudar os computadores para nossos novos locais. Após a mudança fui mexer no celular e percebi que tinha perdido a stylus do celular. (Eu juro que ainda não sei como ele caiu, afinal o treco é imantado para não ter esses problemas.)

Esse coisinho aí do lado do celular é a stylus, muito comum em celulares touch screen. Assim não precisa ficar enfiando o dedão na tela

Procurei procurei. Pedi pro cara que está sentando no meu antigo lugar procurar também. E nada. Revirei a bolsa e nada.. Teria que pegar a reserva (veio dois quando comprei o celular) e comprar outro para deixar de reserva.

Fiquei muito puta na hora, mas depois me conformei. Afinal, o que isso adiantaria? E toquei a vida. Passei na Cobasi para comprar remédio do velhinho de casa, fui pra academia onde escalei, malhei e corri, e fui pra casa. Curti o sábado com namorado, ambos de babá do velhinho e domingo fui fazer meu curso.

Qual não foi a minha surpresa ao estacionar o carro em casa, na volta do curso, abrir a porta e dar de cara com a stylus no chão! Até pensei que tivesse caído de novo, mas não! Era a que eu tinha perdido na sexta!!!

Ainda não entendi como ela foi parar lá, de verdade. Acho que é algum duende de brincadeira comigo.

Anúncios